One Piece: Guia-Parte 4

Um grande guia de One Piece - Parte 4

Posted 9 dias atrás in Entretenimento.

9 Visualizações

6-Espadas

As espadas apareçem muito no mundo de One Piece, são armas longas usadas por diversas civilizações. Dentre as espadas existem as meitou, chamadas de espadas de excelência, é um grupo com um pequeno número de espadas, sendo todas famosas. São geralmente designadas espadas legendárias, com qualidade superior as outras.

Existem vários tipos de espadas, definindo-as pelo formato temos:

  • Katana: Espada japonesa utilizada por samurais, de lâmina única e curvada, usada pelo alto escalão da marinha, principalmente por vice-almirantes.
  • Kogatana: Versão pequena de uma katana, se assemelhando a uma faca. Mihawk usa uma dessa como colar, envolto em uma bainha que se assemelha a uma cruz.
  • Daito Katana: Categoria de espada, entre as katanas, que possui entre 24 e 60 centímetros de linha reta, sendo o resto curva. Todas as espadas de zoro estão incluidas nessa categoria.
  • Nodachi: Uma espada de duas mão japonesa, difícil de se manejar, porém extremamente mortal. Trafalgar Law e Shiryu empunham esse tipo de espada.
  • Cutelo: Sabre curto e grosso com lâmina reta o ligeiramente curvada, usada pelo baixo escalão da marinha e por diversos piratas.
  • Sabre: Espada de lâmina única geralmente curvada. Possui um grande protetor de mão e são longas e finas. Shanks usa um desses e o Vice-Almirante Onigumo usa oito ao mesmo tempo.
  • Kukri: Uma espada pequena, se assemelhando a uma faca pesada, ligeiramente desviada a 20º, possuindo vantagens únicas e uma coluna bem espessa. Sarquiss empunha uma grande e Helmeppo usa dois Kukri pra combate.
  • Shikomizue: Espada geralmente escondida em uma bengala que se tornou popular quando as katanas foram proibidas. Brook usa uma com seu estilo esgrima, Zoro ja foi mostrado usando uma em um Flashback e Kaku usa um par.

Dentre as meitous existem uma maior subdivisão chamadas Wazamono (Espadas de Grau)

Saijou Oo Wazamono

(Espadas de grau supremo): São 12 espadas consideradas as melhores já forjadas na história.

Apareceram na série: Kokuto Yoru (Espada negra da noite)
Portador: Juraquille Mihawk

Shodai Kitetsu – Apenas citada na série, é a primeira geração das retalhadeiras amaldiçoadas.

Oo Wazamono

(Espadas de grau ótimo): São 21 espadas logo abaixo das supremas.

Apareçeram na série: Nidai Kitetsu – Apenas citada na série, é a segunda geração das retalhadeiras amaldiçoadas.

Wadou Ichimonji (Caminho reto para a harmonia)

Portador: Roronoa Zoro e Kuina

Curiosidades: Essa espada foi dada para zoro pelo pai de Kuina, após a morte dela. Geralmente zoro usa essa espada em sua boca para usar o santouryuu (técnica de três espadas). Quando vai usar ittouryu (técnica de uma espada) ele geralmente usa a Wadou Ichimonji.

Shuusui (Águas claras de outono)

Portadores: Roronoa Zoro e Ryuma

Curiosidades: Essa espada lendária serviu a Ryuma, o caçador de dragões, após a derrota em Thriller bark Ryuma passa sua espada para Zoro, falando que tem certeza que ela estará em boas mãos.

Ryou Wazamono

(Espadas de grau hábil): São 50 espadas inferiores as de ótimo grau.

Apareçeram na série: Kashu (Estado florido)
Portadores: Tashigi e Mr. 11

Curiosidades: Tashigi ganhou de Mr.11 em uma batalha e clamou a espada após a batalha, porém ela nunca foi usada.

Yubashiri (Corrida na neve)

Portadores: Ippon-Matsu e Roronoa Zoro

Curiosidades: Ippon-Matsu deu essa espada a Roronoa Zoro após este demonstrar ser um verdadeiro espadachim. Sua vontade era que a herança da família passasse adiante. Zoro gostou da espada por ela ser leve e de fácil manuseio, porém não conseguiu realizar o desejo de Ippon porque Shuu destruiu a espada por meio de ferrugem. Zoro enterrou esta em Thriller bark.

Yamaoroshi– Pertençente a Billy, o matador de orcas, mas após perder para Tashigi em Loguetown está clamou a espada para si, porém ela nunca foi usada.

Wazamono

(Espadas de grau): Superiores apenas as espadas comuns.

Apareçeram na série: Shigure (Chuva de outono)

Portadora: Tashigi

Sandai Kitestu (Terceira geração das retalhadeiras amaldiçoadas)

Portador: Roronoa Zoro

Curiosidades: Apesar de ser rara, todas as kitetsu são temidas por seus portadores, por serem amaldiçoadas, devido a uma lenda que aqueles que portarem essas espadas terão uma morte trágica. Apesar de tudo, Zoro mostra ser uma exceção, apostando seu braço que sua sorte era maior que a maldição.

Espadas sem Grau

Apareçeram na série: Kiribachi (Serra do tubarão)

Portador: Arlong

Funkfreed

Portador: Spandam

Curiosidades: Esta espada “comeu” a Zou Zou no mi se transformando em elefante ao seu querer ou de seu portador.

Oto e Kogarashi

Portador: Shiki, o “Leão dourado”

Curiosidades: Shiki, para fugir de Impel Down, cortou as duas pernas, no lugar de suas pernas implantou essas duas espadas.

Espada de Ohm

Portador: Ohm

Curiosidades: A espada de Ohm é feita de nuvem de ferro, emitida por um Milky dial fazendo ela se transformar em objetos e até mesmo em paredes.

Espada de Montblanc Norland

Portador: Montblanc Norland

Espada de T-Bone

Portador: T-Bone

Espadas de Kaku

Portador: Kaku

Espada de Shanks

Portador: Shanks

Espada De Shiryu

Portador: Gryphon

Espada de Trafalgar Law

Portador: Trafalgar Law

Espadas de um dos Gorousei

Portador: Aparentemente o mais velho e com ausência de cabelo.

Espadas de Vista

Portador: Vista

Espada de Silvers Rayleigh

Portador: Silvers Rayleigh

Espada de Brook

Portador: Brook

Curiosidades: Após dois anos a espada de Brook tem o mesmo formado porém é outra com o nome de Soul Solid, ele pode colocar a sua alma na espada fazendo ela ficar “mais fria” que de costume.

Espada de Hyouzou

Portador: Hyouzou

Espadas de Helmeppo

Portador: Helmeppo

Espadas de Onigumo

Portador: Onigumo

Espada de Momonga

Portador: Momonga

Espada de Luffy

Portador: Luffy Zumbi

Espada de Drake

Portador: X-Drake

Espadas de Hachi

Portador: Hachi

Espada de Aokiji (Não é uma espada teoricamente)

Portador: Aokiji

Espada de Kizaru (Não é uma espada teoricamente)

Portador: Kizaru

Espada de Gol D. Roger

Portador: Gol D. Roger

Espada de Cabaji

Portador: Cabaji

Espadas de Johnny e Yosaku

Portadores: Johnny e Yosaku

 

Curiosidades: Zoro  já usou essas duas espadas uma vez, aparentemente elas são semelhantes.

Espada de Dorry

Portador: Dorry

Espada de Chaka

Portador: Chaka

Espada de Sarquiss

Portador: Sarquiss

Espada curta de Ace

Portador: Ace

Curiosidades: Ace não usou essa “espada” o que a torna apenas um acessório.

PS: Praticamente todos os líderes de alguma divisão do Barba Branca possuem algum tipo de espada, assim como a maioria dos líderes da marinha.

 

-8 Poneglyph

Poneglyph

Nome em Japonês

歴史の本文(ポーネグリフ)

Nome Romanizado

Pōnegurifu

Nome em Inglês

Ponegliff

Nome em Português

Poneglifo

Primeira Aparição

Capítulo 202

Episódio 102

Localização

Ao redor do Mundo

Poneglyphs são misteriosos blocos de pedra, existe uma história escrita neles que está em uma língua muito antiga. Eles estão espalhados por todo o mundo de One Piece.

Aparência

Os Poneglyphs são gigantes blocos azuis com escrituras em uma de suas faces.

Poder e Conteúdo

Os Poneglyphs são feitos de um material indestrutível, nem mesmo explosivos podem fazer um arranhão nesses blocos, mas as palavras escritas neles têm o poder de mudar o mundo.

Cada um dos blocos conta uma parte de uma história a muito tempo esquecida. Essa história inclui a menção de pelo menos três armas de destruição em massa: Poseidon, Pluton e Uranus. Existem Poneglyphs que indicam a localização de outros e aqueles com informações sobre a história. Quando os Poneglyphs forem lidos como um, a história estará completa. O Governo Mundial considera esses blocos perigosos e procura eliminar aqueles que conseguem ler os Poneglyphs.

Como visto em Alabasta e Shandora os Poneglyphs são deixados aos cuidados dos descendentes dos povos antigos. O Poneglyph de Shandora mostrou a  dedicação do povo em arriscar a própria vida para proteger o bloco. No entando o objetivo do povo em Alabasta nãe era proteger e sim esconder o bloco, visto que Alabasta é afiliada ao Governo Mundial que deseja que ninguém saiba onde os Poneglyphs estão.

Rio Poneglyph

A junção de todos os Poneglyphs formam o chamado Rio Poneglyph que conta a história completa do mundo de One Piece, incluindo o misterioso século perdido, um século oculto de todos e apagado da história. O último é localizado em Laftel, a última ilha da Grand Line, e é o grande objetivo de Nico Robin encontrá-lo. Gol D. Roger já fez tal proeza. Embora Rayleigh saiba a história, não é certo dizer que todos da tripulação de Roger saibam.

Lista de Poneglyphs

Localização: Ohara

Informação: Falava sobre o século perdido, incluindo o nome da antiga civilização.

Localização: Desconhecida

Informação: Robin em sua adolescência achou um Poneglyph em uma floresta, mas seu conteúdo é desconhecido.

Localização: Tumba dos Reis em Alabasta

Informação: Fala a localização da arma de destruição em massa, Pluton.

Localização: Ruínas de Shandora

Informação: Em um texto na parede dos Jardins Superiores, Robin encontra escrituras na mesma língua em que são escritos os Poneglyphs revelando instruções para achar outro. No entanto ela não se referiu ao bloco como Poneglyph então não se sabe se realmente é um.

Localização: Sino de Shandora

Informação: Fala a localização da arma de destruição em massa, Poseidon.

Localização: Ilha dos Tritões

Informação: Uma carta de desculpas escrita por Joy-Boy. ele está se desculpando com os habitantes da Ilha dos Tritões por quebrar sua promessa de retornar a Ilha para carregar o propósito de Noah.

História

  • Registro do Século Perdido

Para que a história não se perdesse, os acontecimentos do século perdido foram registrados em blocos enormes e indestrutíveis de pedra e entregues para descendentes que protegeriam tais blocos em gerações posteriores. O governo Mundial decreta como crime a procura e leitura dos Poneglyphs.

  • Aviso de Gol D. Roger

Gol D. Roger conseguiu descobrir a verdadeira história sobre os Poneglyphs e ele deixou uma mensagem de encorajamento no caminho que dizia: “Passei por aqui e liderarei o longo caminho até os confins da terra.” Apesar de saber da localização das armas de destruição em massa a tripulação de Roger não resolveu despertar nenhuma.

  • Os Demônios de Ohara

Os historiadores de Ohara usaram o que tinham a disposição para decifrar os Poneglyphs mesmo sabendo que era proibido pelo Governo Mundial. O governo já se incomodava com as pessoas de Ohara pois achava que eles sabiam demais, o fato de estudarem os Poneglyphs foi a desculpa que queriam para mandar a CP9 ao país e ativar o Buster Call, destruindo Ohara e mantendo em segredo as informações de seu Poneglyph. A única sobrevivente, e consequentemente a única que consegue ler os Poneglyphs é Nico Robin.

  •  Alabasta

Crocodile tinha intenções de se apoderar da arma Pluton cuja localização estava descrita no Poneglyph na Tumba dos reis. Porém Robin mentiu para ele sobre as informações desse Poneglyph. Devido a batalha entre Luffy e Crocodile, as tumbas desabaram sobre o bloco.

  •  Skypiea

Ao encontrar o Poneglyph, Robin libera os guardiões de Shandia sobre a carga de proteger o Poneglyph já que ela levaria consigo as informações que ele continha. A mensagem de Roger surpreendeu a todos que não faziam nem ideia de como ele havia encontrado o Sino

  •  Arquipélago de Sabaody

Rayleigh oferece a Robin as informações dos Poneglyphs e ela recusa, ele diz que realmente revela a lacuna no tempo do Século perdido mas que ela teria que tomar suas próprias conclusões sobre a história.

Diferenças do Mangá/Anime

Quando Zoro, Chopper e Luffy estão perdidos no deserto de Alabasta eles caem em algumas ruínas, uma delas é um Poneglyph desconhecido. Isso não tem grande significado devido ao Episódio 102 ser um filler.

Curiosidades

  • O pirata Olivier Levasseur antes de morrer jogou um criptograma de um andaime no meio da multidão dizendo que aquilo indicava informações sobre o seu tesouro que nunca foi encontrado. (avaliado atualmente em 160 milhões de Libras). Esse fato foi uma clara inspiração para a cena de Roger falando sobre o One Piece, visto que até mesmo os Poneglyphs  fazem parte de um criptograma para chegar ao fim da Grand Line.
  • Os hieróglifos foram uma grande influência a escrita dos Poneglyphs, visto que quando os Egípcios foram destruídos sua língua se perdeu e ficou indecifrável por um bom tempo.
  • Rio Poneglyph tem o significado correto para o nosso idioma, interligando um Poneglyph ao outro como ramificações de um rio.

 

 

8- Governo Mundial

lO Governo mundial é um dos 3 grandes poderes do mundo de One Piece, sendo uma unificação de mais de 170 países de todo o mundo. Os Países membros são autônomos, ou seja, resolvem seus assuntos internos, embora o governo interfira as vezes. O Governo é tido como santo, sua base Mariejoa foi chamada de terra santa, o lugar onde os Gorousei residem foi chamado de santuário ,os nobres possuem a palavra “santo” na frente dos seus nomes e Impel down foi feita baseada no inferno de Dante em a “Divina Comédia”.

História

Há 800 anos atrás, 20 reinos se uniram para enfrentar um reino superior. Os registros históricos dessa guerra foram chamados de Poneglyphs. Esses reinos unidos venceram e se uniram formando o atual governo mundial. Desde então há um grande segredo relacionado ao século em que houve essa guerra, cujo governo esconde. Esse século está revelado nos Poneglyphs espalhados pelo mundo.

Tenryuubito

São descendentes diretos dos reinos vitoriosos, e moram na terra santa de Mariejoa. Em razão disso humilham as outras pessoas e às consideram como inferiores. Possuem vários escravos, todos com uma marca tatuada. Apesar de ter dinheiro para comprar pessoas, eles podem pegar qualquer um que tenham interesse. Muitos observam pessoas até mesmo sendo assassinadas por eles e não podem fazer nada, pois um almirante é convocado para capturar qualquer um que levantar a mão contra um Tenryuubito. Após comprar a pessoa essa recebe um colar, que explode automaticamente se a pessoa fugir. A utilidade do escravo pode ser várias, porém foi mostrado alguns servindo de carroça humana, levando os Tenryuubitos pelas ruas. Muitos preferem a morte.

Marca dos Tenryuubitos

Curiosidades:

Boa Hancock e suas irmãs já foram escravas de Tenryuubitos.

Em um ato de bondade, os escravos libertos por Fisher Tiger tiveram a marca dos Tenryuubito alterada para a dos Piratas do sol.

 Gorousei

São os líderes do governo mundial, lideram a marinha, a cipher pol e fizeram o pacto com os shichibukais. O nome gorousei significa anciões, todos os cinco aparentam ser idosos e ter muita experiência de batalha. Eles não parecem preocupados com as decisões tomadas por Sengoku (que podem ser vetadas caso queiram), mas sim na reputação que o governo tem no mundo. Colocar o governo como uma justiça absoluta envolve encobrir certos acontecimentos, como a fuga em massa de Impel Down, o exército zumbi de Gecko Moriah e até mesmo a destruição de ilhas, para que o mundo não desconfie da justiça imposta pelo governo.

Exército Revolucionário

 
Exército Revolucionário
img quadro
Nome em Japonês
革命軍
Nome Romanizado
Kakumei Gun
Nome em Inglês
Revolutionary Army
Nome em Português
Exército Revolucionário
Primeira Aparição
Capítulo 440
Episódio 324
Líder
Monkey D. Dragon
Recompensa Total
Pelo menos 296.000.000 Beli(Incluindo a antiga recompensa de Bartholomew Kuma)

Pouco se sabe sobre o Exército Revolucionário por enquanto. O que se sabe até agora é que o seu movimento representa uma ameaça à estabilidade do mundo e que eles se opõem ao Governo Mundial, bem como às suas exigências e determinações. Também parece que eles estão bem cientes de que foi Monkey D. Luffy quem realmente derrotou Crocodilleem Alabasta e que o Vice Almirante Garp é avô de Luffy(Antes de ter sido revelado publicamente a todos).

A Base dos Revolucionários fica na Grand Line, mais precisamente na ilha de Baltigo. Uma ilha caracterizada pelos ventos excessivos, solo branco como a neve e terreno rochoso.

História

Passado

12 anos antes do começo da história, os Revolucionários resgataram as pessoas do Terminal Cinza da conflagração que os nobres do Reino de Goa criaram para destruir o ‘lixo’ para a visita iminente do nobre mundial, Jalmack. Após a missão secreta de resgate ter se efetivado, o Exército Revolucionário foi para a Vila Shimotsuki para um período de recuperação. O dojo Isshin os ajudou fornecendo suprimentos para os moradores feridos do Terminal Cinza. Dragon é visto em seu navio sendo repreendido por Ivankov pelo seu atraso. Dragon resgatou Sabo, que precisava de tratamentos urgentes.

Foi revelado que durante o encontro do Conselho dos Reis em Mariejoa, capital do Governo Mundial, seis anos antes do começo da história, Thalassa Lucas levantou a questão a respeito de Dragon – líder dos Revolucionários – estar ficando mais forte e que dentro de cinco ou seis anos ele seria uma ameaça ao Governo Mundial.

Em algum momento, após o incidente em Enies Lobby, três membros da CP9 – Jabura, Fukuro e Kumadori – foram enviados a uma cidade de nome desconhecido para assassinarem três importantes líderes revolucionários (Dragonnão estava incluso). Entretanto, eles são forçados a eliminar vinte pessoas a mais, devido ao fato de Fukuro ter revelado a presença de seu grupo e as intenções que eles tinham com a cidade.

Pós Arco de Enies Lobby

Algum tempo depois de Enies Lobby ter sido aniquilada pelo Buster Call, em parte graças aos Chapéus de Palha, o Exército Revolucionário declarou vitória no South Blue, em um lugar chamado Centaurea. Com essa vitória recente, alguns membros dos revolucionários acreditavam que agora poderiam seguir rumo ao North Blue, mas Dragon achava que eles estavam comemorando cedo demais na guerra. Quaisquer outras vitórias que tenham ocorrido permanecem desconhecidas tendo como conclusão apenas a informação dada por Robin de que muitos países já haviam sucumbido.

Ápice da Guera dos Melhores

Arco de Impel Down

Em algum ponto do passado, Emporio Ivankov e Inazuma foram presos no level 05 de Impel Down por serem membros do Exército Revolucionário. Desde então eles estiveram esperando pela oportunidade para se juntarem ao conflito.

Porém, com a descoberta de que Monkey D. Luffy é filho de Dragon e com a presunção de que Portgas D. Acetambém seria filho de Dragon e estaria na iminência de ser executado, os dois revolucionários aprisionados decidiram que era hora de fugir.

Arco de Marineford

Após escaparem de Impel Down, Ivankov e Inazuma ajudaram Luffy em sua tentativa de resgatar Ace antes de ser executado. Depois de Ace ter sido assassinado pelo Almirante Akainu, os dois revolucionários protegeram Luffy do ataque do Almirante.

Arco do Pós Guerra

O Exército Revolucionário é conhecido por ter libertado Tequila Wolf, soltando todos os escravos que eram forçados a trabalhar, junto a eles estava Nico Robin, enviada até lá por Bartholomew Kuma. Eles estiveram procurando por Robin durante 10 anos – sabendo que ela vem de Ohara e representa uma ameaça para o Governo – e a chamam de “Luz da Revolução”, pedindo então que ela se juntasse aos revolucionários. Ela gentilmente recusou o convite. Eles, então, permitiram que ela voltasse para os Chapéus de Palha, confiando Luffy a ela. Os revolucionários também leram a respeito de um incidente envolvendo Luffy e deram o jornal para Nico Robin.

Em uma conversa entre Dragon e Emporio Ivankov, a Rainha Okama chegou a conclusão de que a identidade completa de Dragon tinha sido revelada, até mesmo a sua relação familiar com Garp. Dragon reconfortou Ivankovdizendo que toda a facção revolucionária ficou aliviada por saber que o líder deles era humano. Dragon, então, informou Ivankov que já que Barba Branca tinha morrido, eles em breve teriam que reunir os líderes revolucionários que estavam espalhados pelo mundo, pois a balança que equilibrava o mundo estava começando a se mover.

Após receber a mensagem de Luffy, dizendo para os Chapéus de Palha se reencontrarem dentro de 2 anos, Robin decidiu se encontrar com Dragon ao invés de voltar para o Arquipélago Sabaody. Os revolucionários, então, escoltaram Robin até o quartel general de Dragon, localizado em Baltigo.

Arco de Dressrosa

Sabo, conselheiro do líder dos revolucionários, veio para Dressrosa junto com Koala e Hack para investigar e por fim no tráfico de armas que estavam promovendo guerras ao redor do mundo.

Hack entrou no torneio pela Mera Mera no Mi, mas foi derrotado no primeiro round. Ele foi, em seguida, aprisionado e transformado em brinquedo, forçado a trabalhar no porto de trocas localizado no subterrâneo de Dressrosa.

Depois de se reunir com seu irmão de consideração, Luffy, Sabo decidiu tomar o seu lugar no Coliseu Corrida,disfarçado como “Lucy”, para conseguir a Akuma no Mi de Ace e, dessa forma, herdar o legado de Ace. Saboganhou a Mera Mera no Mi e a comeu, demonstrando o seu poder ao usar o ataque Hiken para destruir a arena do ringue, deixando o subterrâneo exposto. Ele se desfaz de seu disfarce e revela a sua verdadeira identidade. Então, ele se reúne com Koala e Hack no porto de trocas subterrâneo. Mas, Sabo percebe que o lugar em que as armas eram produzidas estava em outro lugar, declarando que seria uma boa lembrança para Dragon, caso eles o encontrassem.

Reações do Governo Mundial

Qualquer um que se torna um revolucionário é tido como ameaça, passando a ser um procurado pelo Governo Mundial.

Enquanto as motivações do Exército Revolucionário permanecem desconhecidas, o Conselho dos Reis considera os seus ideais e seus atos como sendo perigosos.

Porém,  de todas as ações do passado de que se tem conhecimento, seus ideais parecem ser perigosos apenas para o Governo Mundial, já que eles aparentemente detestam o atual sistema de governo, envolvendo os nobres mundiais e a escravidão (como é mostrado quando Dragon encontra Sabo e a libertação dos escravos de Tequila Wolf).

Embora os revolucionários atuem no sentido contrário das leis, bem semelhante ao que os piratas fazem, aparentemente não há interação entre os dois grupos. Mas isso foi até a Guerra dos Melhores, em que Ivankov e Inazuma participaram a favor de Monkey D. Luffy, filho de seu líder.

Qualquer país que demonstre sinais  de revolução corre o risco de ficar marcado pelo Governo Mundial. Quando a Ilha de Drum decidiu mudar o seu regime de governo, o seu rei, Wapol, avisou que tal atitude eram de risco e que o Governo Mundial jamais permitiria aquilo.

Uma vez que o mundo está estabilizado pelos Três Grandes Poderes, os revolucionários são uma ameaça para essa balança.

Ao ficarem sabendo que Luffy é filho de Dragon, líder dos revolucionários, a Marinha fez dele prioridade máxima para ser eliminado, levando em conta a sua árvore genealógica.

Revolucionários conhecidos

Quadro-revolucionarios

 

Navio

Até então, apenas um dos navios associados foi mostrado. O navio de Dragon, sem nome. As formas do navio, da sua ponta até a parte traseira, aparentam formar um dragão, adequando-se ao nome do líder. Esse navio existe há pelo menos 10 anos, uma vez que ele foi visto na cena em que Dragon o utilizou para resgatar os cidadãos do Terminal Cinza, e depois chegaram para conseguir suprimentos. Após a batalha de Marineford, ele foi visto amarrado do lado de fora do quartel general.

Bandeira

O Exército Revolucionário aparenta usar uma bandeira triangular lisa de cor vermelha.

 

Ler mais

Article Picture
Kumi_Mideki 4 meses atrás 61 Visualizações
Article Picture
Corazón 10 dias atrás 26 Visualizações
Article Picture
Kumi_Mideki 3 meses atrás 58 Visualizações